Capítulo 19 – Marilda

Segunda, 28 Janeiro 2019 15:36
Versão para impressão

<<< Anterior...

Marilda aproximou-se e nos cumprimentou respeitosamente. Notei que estava cansada de fugir e que ainda tinha receio de que pudesse ser presa novamente. Não nos conhecia, por isso, estava apreensiva. Para acalmá-la, tomei suas mãos entre as minhas e disse-lhe:

- Marilda, nós sabemos quem você é e o porquê de estar no umbral. Não tenha receio, pois você está em boa companhia. Participamos de uma caravana de Espíritos imbuídos no serviço do bem em nome de Jesus. É chegada a hora de seu resgate dessas regiões escuras.

- Tenho medo de que Joel me encontre e me faça retornar ao seu convívio na região dos grandes lagos.

- De agora em diante você está sob nossa proteção e nada lhe acontecerá. Fique tranquila, pois temos nossa legião de guerreiros e Joel nada lhe fará.

- A senhora não o conhece! Pode ter certeza que ele tudo fará para levar-me de volta.

- Não tenha medo, minha irmã. Estamos na mesma vibração espiritual deste lugar, mas temos nossos guerreiros que a defenderão.

- Espero por esse momento de liberdade há muitos anos e gostaria de confiar em suas palavras.

- Pode confiar em mim e em meus companheiros de luta. De agora em diante, você está sob nossa proteção.

- Não sei o que está acontecendo comigo, mas agora me sinto mais calma.

- Você já está sob nossa proteção. Fique tranquila e nos acompanhe.

- Para onde vocês estão indo?

- Temos uma missão de resgatar alguns Espíritos em um povoado mais à frente.

- Conheço a região e posso levá-los até lá. Quem vocês estão procurando?

- Andréia e seu irmão Marcos. Também estamos à procura de um grupo de samaritanos que está sitiado em um povoado longínquo.

- Eu conheço Andréia e sei onde fica o povoado.

- Ajude-nos a encontrar esse lugar.

A caravana seguiu rapidamente pela estrada fracamente iluminada pelos poucos raios de luar que teimavam em penetrar a região e pelos archotes carregados por alguns companheiros de luta.

Continuar...