Ensinamentos do Evangelho sobre a Prece

Sábado, 29 Agosto 2009 17:42
Versão para impressão

“Pedi e se vos dará. Buscai e achareis; batei à porta e se vos abrirá. Porquanto, quem pede recebe e quem procura acha e, aquele que bata à porta, abrir-se-á”. (Mateus 7:7 a 11)

 

“Restitui a saúde aos doentes, ressuscitai os mortos, curai os leprosos, expulsai os demônios. Daí gratuitamente o que gratuitamente haveis recebido”. (Mateus, 10:8)

 

“Quando orardes, não vos assemelheis aos hipócritas, que, afetadamente, oram de pé nas sinagogas e nos cantos das ruas para serem vistos pelos homens. – digo-vos, em verdade, que eles já receberam sua recompensa. - quando quiserdes orar, entrai para o vosso quarto e, fechada a porta, orai a vosso pai em secreto. E vosso pai, que vê o que se passa em secreto, vos dará a recompensa.

Não cuideis de pedir muito nas vossas preces, como fazem os pagãos, os quais imaginam que pela multiplicidade das palavras é que serão atendidos. Não vos torneis semelhantes a eles, porque vosso pai sabe do que é que tendes necessidade, antes que lho peçais”. (Mateus, 6: 5 a 8)

 

“Quando vos apresentardes para orar, se tiverdes qualquer coisa contra alguém, perdoai-lhe, a fim de que vosso pai, que está nos céus, também vos perdoe os vossos pecados. – se não perdoardes, vosso pai, que está nos céus, também não vos perdoará os pecados”. (Marcos, 11: 25 e 26)

 

“Seja o que for que peçais na prece, crede que o obtereis e concedido vos será o que pedirdes”. (Marcos, 11:24)

 

“Onde quer que se encontrem duas ou três pessoas reunidas em meu nome, eu com elas estarei”. (s. Mateus, cap. XVIII, v. 20.)