Para não andar sozinho

Quarta, 09 Maio 2018 14:36
Versão para impressão

Em seu ventre o corpo a crescer

Para o Espírito se preparar,

Um coraçãozinho a palpitar.

A alma procurando renascer. 

 

Na carne, a alma a chairar,

Em busca do brilho de viver,

Em ávido sonho conhecer

A essência sublime de amar.

 

Mãe é a alma divina a aquiescer

Que seu filho veja o alvorecer

De uma nova vida a consagrar.

 

Em outra vivencia a perceber

Um novo caminho a percorrer

E não mais sozinho caminhar.

 

Luiz Marini 07-05-2018