Centro Espírita Dr. Adolfo Bezerra de Menezes

  • Aumentar o tamanho da fonte
  • Tamanho padrão da fonte
  • Diminuir tamanho da fonte

Esperança

Enviar por E-mail Versão para impressão PDF

 A esperança do homem se renova

Com o tempo que avança e renasce

No semblante meigo do povo nasce

O sentimento de amor que se inova.

 

A vivência se amplia e se comprova

Na teia rija e flexível que se tece

A luminosidade se expande, cresce,

Desabrocha da alma singela e evola.

 

Vislumbrando os novos horizontes

Sorvendo a sabedoria lá nas fontes

Moldando toda cultura pretendida.

 

Unindo povos, construindo pontes,

Cruzando vales, planícies, montes,

Exaltando o dom que move a vida.

 

Luiz Marini 13-02-2019

 

Luiz Marini - Livros

kiko_e_malhado.jpg
Clique na imagem para acessar


Para refletir

"Nenhuma atividade no bem é insignificante. As mais altas árvores são oriundas de minúsculas sementes." (Francisco Cândido Xavier)